Últimos Conteúdos

Para gerar o boleto de pagamento do ITBI na cidade de São Paulo, precisa acessar e preencher o seguinte formulário:

https://www3.prefeitura.sp.gov.br/damsp_itbi/forms/frm_sql.aspx?Tipo=Sql

Se o imóvel não tem vaga, é só preencher normalmente o formulário com os dados solicitados.

O que complica é no caso do imóvel ter vaga de garagem, e essa vaga ter uma matrícula e IPTU diferentes do imóvel, o que foi o meu caso.

Quando isso acontece, é necessário fazer dois ITBI - um pro apartamento, e um pra vaga de garagem.

O que complica mais ainda é quando a vaga de garagem não é separada da garagem inteira - ou seja, o valor de mercado da sua vaga é, seilá, R$50.000,00, mas o valor do ITBI é baseado no valor venal, que no caso é de R$5.000.000,00 - sim, cinco milhões.

Nesse caso, primeiro tu preenche a guia do ITBI com os dados do apartamento, informa se teve financiamento, etc e tal. Só não esqueça que no campo Valor da Transação vai apenas o valor de compra do apartamento, e não o total (apartamento + vaga).

Segundo, precisa preencher o ITBI da vaga, e é aqui que complica um pouco.

  • No campo Valor da Transação, vai o valor pago pela vaga (ex.: 50.000,00)
  • No campo Tipo financiamento, não vai nada - a moça que me atendeu na Secretaria da Fazenda disse que não se deve informar nada aí, pois vaga não tem financiamento.
  • Agora, o pulo do gato: no campo "Está sendo transmitida a totalidade do imóvel", tu marca "não". Vai aparecer um campo pedindo a proporção transmitida. Esse campo deve ser preenchido com o valor da fração ideal da vaga, descrita na matrícula da vaga (aquele papel amarelo). No meu caso, era 0,19% (na matrícula, diz 0,1962, mas o formulário só aceita 2 casas decimais).

E é isso. Pague os dois boletos, e depois leve ao cartório.

Ah, um detalhe: Pergunte antes no cartório se o boleto pode ser pago no caixa eletrônico. Quando estava na fila do Itaú pra pagar o boleto, a moça do caixa disse que no cartório que ela foi (se não me engano era o 15°), eles não aceitaram o comprovante emitido pelo caixa eletrônico. No meu caso (8° cartório), eles aceitaram normalmente.

Ah, outro detalhe: O horário do cartório é até as 17h, mas o atendimento para assuntos imobiliários é só até as 16h.

Listando os dispositivos e partições encontrados:

sudo fdisk -l

Montando a partição do dispositivo em uma pasta:

sudo mount /dev/sdb1 /media/usb/

Obs: A pasta /media/usb precisa ter sido criada antes.

Listando o espaço em disco dos dispositivos:

df

Desmontando a partição para remover o drive:

sudo umount /media/usb

There is hardly a thing in the world that some man can not make a little
worse and sell a little cheaper.

Going to church does not make a person religious, nor does going to school make a person educated, any more than going to a garage makes a person a car.

Eu sempre esqueço a conta que deve ser feita, então vamos lá:

A conta que deve ser feita é dividir o preço do etanol pelo preço da gasolina.

Se o resultado for inferior a 0,70, compensa mais abastecer com etanol.

Se o resultado foi superior a 0,70, a gasolina é mais vantajosa.

Caso o valor seja igual a 0,70, a opção é indiferente.

... aí tu olha praquele notebook antigo parado, ali, e pensa "preciso fazer alguma coisa com ele".

Aí tu sobe um servidor de Xonotic nele, e deixa ligado o fim de semana inteiro. E, ao contrário do que pensei, até que apareceram algumas pessoas.

Agora, preciso descobrir se o ping ficou decente, e se consigo gerar estatísticas de quantos usuários acessaram.

Link do servidor: http://stats.xonotic.org/server/18368

Um exemplo, porque vivo esquecendo.

$.ajax({
  dataType: 'json'
  ,url: url
  ,data: form.serialize()
  ,method:'POST'
  ,success: function(data){
    sucesso(data);
  }
  ,error: function(jqXHR, textStatus, errorThrown){

  }
  ,complete: function(){
    $('#carregando').slideUp();
  }
});

Everyone says that having power is a great responsibility.

This is a lot of bunk.

Responsibility is when someone can blame you if something goes wrong.

When you have power you are surrounded by people whose job it is to take the blame for your mistakes.

If they're smart, that is.
-- Cerebus, "On Governing"

Primeiro, instalamos tor e o connect-proxy:

sudo apt install tor connect-proxy

Depois, configuramos o arquivo ~/.ssh/config para usar o proxy:

Host *
CheckHostIP no
Compression yes
Protocol 2
ProxyCommand connect -4 -S localhost:9050 $(tor-resolve %h localhost:9050) %p

Por fim, conectamos no ssh:

ssh user@server

Se der a mensagem de erro ERROR: You must specify the destination port correctly., então precisa usar o ip do servidor, ao invés do hostname.

The world's most avid baseball fan (an Aggie) had arrived at the stadium for the first game of the World Series only to realize he had left his ticket at home.

Not wanting to miss any of the first inning, he went to the ticket booth and got in a long line for another seat.

After an hour's wait he was just a few feet from the booth when a voice called out, "Hey, Dave!" The Aggie looked up, stepped out of line and tried to find the owner
of the voice -- with no success. Then he realized he had lost his place in line and had to wait all over again.

When the fan finally bought his ticket, he was thirsty, so he went to buy a drink. The line at the concession stand was long, too, but since the game hadn't started he decided to wait.

Just as he got to the window, a voice called out, "Hey, Dave!" Again the Aggie tried to find the voice -- but no luck.

He was very upset as he got back in line for his drink.

Finally the fan went to his seat, eager for the game to begin.
As he waited for the pitch, he heard the voice calling, "Hey Dave!" once more.

Furious, he stood up and yelled at the top of his lungs, "My name isn't Dave!"

Ao tentar criar um projeto novo com o Flutter no Android Studio, aparece sempre o erro abaixo:

* Error running Gradle:
Exit code 1 from: /home/everton/AndroidStudioProjects/flutter_layout/android/gradlew app:properties:

FAILURE: Build failed with an exception.

* Where:
Build file '/home/everton/AndroidStudioProjects/flutter_layout/android/build.gradle' line: 24

* What went wrong:
A problem occurred evaluating root project 'android'.
> A problem occurred configuring project ':app'.
> No toolchains found in the NDK toolchains folder for ABI with prefix: mips64el-linux-android

Para corrigir:

  • Abrir o arquivo android/build.gradle e trocar gradle:3.0.1 por gradle:3.1.1;

Com isso, o erro vai mudar para algo assim:
> Failed to apply plugin [id 'com.android.application']
> Minimum supported Gradle version is 4.4. Current version is 4.1.

  • Abrir o arquivo android/gradle/wrapper/gradle-wrapper.properties e trocar gradle-4.1-all.zip por gradle-4.6-all.zip

Obs: O Android Studio avisa que a versão mais recente do gradle é a 3.2.1, mas não funciona com ela. Só consegui fazer funcionar com a 3.1.1.

 

Fonte: Uns mil sites e StackOverflow

Life is like arriving late for a movie, having to figure out what was going on without bothering everybody with a lot of questions, and then being unexpectedly called away before you find out how it ends.

attributed to Mark Twain

For example, in Year 1 that useless letter "c" would be dropped to be replased either by "k" or "s", and likewise "x" would no longer be part of the alphabet. The only kase in which "c" would be retained would be the "ch" formation, which will be dealt with later.

Year 2 might reform "w" spelling, so that "which" and "one" would take the same konsonant, wile Year 3 might well abolish "y" replasing it with "i" and Iear 4 might fiks the "g/j" anomali wonse and for all.


Jenerally, then, the improvement would kontinue iear bai iear with Iear 5 doing awai with useless double konsonants, and Iears 6-12 or so modifaiing vowlz and the rimeining voist and unvoist konsonants.


Bai Iear 15 or sou, it wud fainali bi posibl tu meik ius ov thi ridandant letez "c", "y" and "x" -- bai now jast a memori in the maindz ov ould doderez -- tu riplais "ch", "sh", and "th" rispektivli.


Fainali, xen, aafte sam 20 iers ov orxogrefkl riform, wi wud hev a lojikl, kohirnt speling in ius xrewawt xe Ingliy-spiking werld.

Hoje, tentei pagar um boleto através do aplicativo do Itaú. Depois de digitar os números do boleto, logo após colocar a senha, aparecia a mensagem "erro na validação de campos".

Depois de revisar os números, revisar a senha, abrir e fechar o aplicativo, lembrei que entramos no horário de verão há alguns dias.

Desde que começou o horário de verão, precisei acertar manualmente a hora do celular, pois estava aparecendo o horário antigo. Daí configurei o celular pra usar a atualização automática, e não é que o negócio funcionou?

Provavelmente é algum erro de certificado, ou algo assim.

<table cellpadding="0"  cellspacing="2" width="100%">
<tr height="5"><td></td></tr>
<tr>
<td width="70%" class="fontecinza"><font color="red" size="1">*</font>Login (e-mail):</td>
<td width="40%" class="fontecinza"><font color="red" size="1">*</font>Senha:</td>
</tr>
</table>

(1) An object in motion will always be headed in the wrong direction.
(2) An object at rest will always be in the wrong place.
(3) The energy required to change either one of these states will always be more than you wish to expend, but never so much as to make the task totally impossible.

Primeiro, criamos uma variável:
 var alguem_mexeu_no_meu_queijo = false;  

No evento change de qualquer elemento, alteramos essa variável, para sabermos que o usuário mexeu no formulário:
 $('select, input, textarea').change(function(){  
      alguem_mexeu_no_meu_queijo = true;  
 });  

Depois, no evento beforeunload da janela, precisamos ver se a variável foi alterada. 
Se sim, damos o alerta, perguntando se ele quer mesmo sair.
 window.onbeforeunload = function(){  
      if(alguem_mexeu_no_meu_queijo==true)  
      {  
           return 'Alguém mexeu no meu queijo.';  
      }  
 }  


Ah, quando o usuário envia o formulário, precisamos setar a variável como true, para que não apareça o alerta.
Se tu tiver usando o jquery validation, fica assim:
 $('#form').validate({  
     submitHandler: function(form) {  
                alguem_mexeu_no_meu_queijo = false; form.submit(); 
}
});
 

O programador sábio ouve falar sobre o Tao e o segue. O programador médio ouve falar sobre o Tao e procura por ele. O programador tolo ouve falar sobre o Tao e dá risada.

Se não fosse para dar risada, não haveria o Tao.

Os sons mais altos são os mais difíceis de ouvir. Avançar é um jeito de retroceder. Grandes talentos vêm tardiamente na vida. Mesmo um programa perfeito ainda tem falhas.