Categoria: Dicionario-de-paulistes

Feed desta categoria: dicionario-de-paulistes


'Mó' significa 'maior', no sentido de 'muito'. Pra mim parece diminutivo de 'maior', pois já vi gente falando 'maior legal', e outras gentes falando 'mó legal'. Mas só se aplica quando é no sentido de 'muito', ou seja, não se deve dizer 'meu salário é mó que o seu'.
Geralmente é usado na expressão 'mó da hora', que significa também 'muito legal' (ou 'tri legal'), o que me leva a pensar se as pessoas acham que as coisas são legais só naquela hora.


Em São Paulo, tem uma porção de termos que são usados poraqui, e que eu não conhecia antes. Como nem sempre dá pra ficar perguntando o que as pessoas dizem, o jeito é deduzir, o que nem é tão difícil assim.

Pensando nisso, decidi fazer um dicionário de paulistês - gauchês. Tipo aquele de porto-alegrês que existe. E a primeira palavra vai ser essa: Zica.

Quando tem algo (que a gente não sabe o que é) fazendo com que alguma coisa não dê certo, essa coisa está com 'zica'. Ou 'zicada', se preferir. Por exemplo, nada do que o fulano faz tá dando certo, se diz que o fulano tá 'na maior zica', ou resumindo, 'mó zica' (isso lembra mozilla... ). Já quando é alguma coisa que não funciona de jeito nenhum, tipo um computador que não liga, se diz que o computador tá zicado. Acho que corresponde ao 'bichado' que a gente ás vezes fala.

Só não saberia dizer se, ao pegar uma goiaba estragada, um paulista/paulistano diria que a goiaba tá zicada.